domingo, 10 de abril de 2011

Levados


Socorro...

Sequestrado pelo extraordinário
Fui hipnotizado, arrastado,
Levado ao paraíso dado.

Levei um tombo burocraticamente
Quebrei a cara, perdi um dente,
Levado ao descontente.

Preciso saber como me curar
Que vá pra lá, aturar,
Levado ao similar.

Já evadi essa desgraça toda
De iludir, essa calada,
Levada, coagida.

Azar para mim,
Coração tá tiquim,
Levado ao ruim.

Azar ela dela,
Pois singela ela,
Levada, aguada aquarela.

Ainda sim quero seu bem.
Pena ela, não valorizar quem.
Levada ao ninguém.